Morre homem baleado em assalto a garimpo em Itaituba

Morreu por volta de 17 horas de domingo (22), o homem que foi baleado durante um assalto, que ocorreu no garimpo Cripurizinho, no município de Itaituba, oeste do Pará.

Sancler da Luz de 35 anos que recebeu um tiro na região cervical estava internado na Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) em estado grave, desde o dia 12 de setembro.

Entenda
Quatro assaltantes encapuzados sequestraram um avião, dia 12 de setembro, no garimpo em Itatituba e no momento da abordagem dispararam tiros que atingiram Sancler da Luz e Claudio Ediclei Rocha da Silva, 35 anos. Eles foram trazidos para receber atendimento em Santarém no mesmo dia. Sancler precisou ser transferido para a UTI do Hospital Regional. Cláudio recebeu atendimento ficou internado, mas logo recebeu alta.

Após balear duas vítimas, os suspeitos roubaram uma pequena quantidade de ouro do garimpo e fugiram em direção ao município de Jacareacanga. Antes de fugir, os suspeitos deixaram pistas: uma sacola de um supermercado de Itaituba, um estojo para cartucho de pistola automática, papel escrito com as coordenadas da pista do Km 180 e uma flanela vermelha.

O delegado de Polícia Civil de Itaituba, Lucivelton Ferreira informou na sexta-feira (20) que policiais podem ter envolvimento no assalto. A suspeita surgiu após a informação de que os assaltantes usavam coturnos e coletes. “Sabemos que os suspeitos estavam usando botas, tipo coturno. Isso faz a gente acreditar que podem ser até policiais. Dois deles no mínimo podem ser policiais por causa da bota e porque usavam coletes”, disse o delegado.

Após analisarem os depoimentos das vítimas e de funcionários da mineradora, a polícia adotou a linha de investigação de que pode ter sido tentativa de homicídio, pois segundo o delegado, o dono da mineradora já foi ameaçado de morte diversas vezes.

As investigações continuam.

Redação Notapajos